quarta-feira, 20 de maio de 2015

Bom dia!!! Hoje, deixamos aqui um pouquinho da exuberância do Passo Garibaldi, chegando em Ushuaia! Imagem de Janeiro de 2015. Apesar da chuva em nossa chegada, tivemos sorte, pois em nosso retorno pegamos uma camada de gelo sobre a pista. Correu tudo bem!

video


Gostou? Então que tal compartilhar?!
Bons ventos!



terça-feira, 19 de maio de 2015

#Viagens: Torre del Paines, Chile.

Olá, hoje gostaríamos de falar um pouco sobre nossa ida  para Torre Del Paines (Chile), saindo de Puerto Natales. Escolhemos fazer o trajeto de moto para apreciar melhor a estrada e andar pelo Parque: Torre Del Paines National Park. Foram aproximadamente 61 KM de estrada de chão, que levamos em torno de 1,20h para percorrer. As condições da estrada para quem vai de moto não são as melhores, pegamos muita pedra solta, sim, o visual é maravilhoso, mas para quem pilota, não consegue apreciar muito, pois tem que prestar atenção na estrada. 
"Fundado como parque no final da década de 1950, foi declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1978. Tem uma área de aproximadamente 242.000 hectares, na qual se encontra a cadeia montanhosa Del Paine, com as mundialmente famosas Torres del Paine e os não menos conhecidos Cuernos del Paine. Lagos, rios, cascatas e glaciares estão em perfeita harmonia no parque. Em 2012 houve um incêndio que queimou até 33 mil hectares do parque, queimando a maior parte das árvores. O principal ponto de entrada para os visitantes é a cidade de Puerto Natales, última da linha marítima proveniente de Puerto Montt." (Wikipédia).

Ao chegar no Parque você é recebido por funcionários que fazem uma breve apresentação do parque, falam das regras e perguntam que tipo de passeio irá fazer, se vai ou não permanecer no Parque por mais de um dia. É possível que você acampe, se hospede no Hotel, faça caminhadas com guias nas trilhas e no Glaciar, navegue, faça cavalgadas, pesque.





Fredy e Sonia

Tivemos um casal de amigos,  nessa mesma viagem que fizemos em Janeiro, ficaram cinco dias no Parque (Fredy e Sonia)."Existem vários campings, os mais estruturados são pagos (banho quente) os gratuitos são simples. Nas trilhas vê-se pouco brasileiro, a maioria são estrangeiros que fazem uma imersão na natureza (chuva, vento, neve, caminhadas) precisa preparo físico e muita força de vontade. As cabanas são particulares e bem pagas, mas oferecem abrigo e conforto simples. Fredy nos disse que resolveram ficar dentro do parque para fazerem o treking pelo circuito 'W" ou "O" para descobrir os encantos ocultos do local. Alertam porém, que tudo tem que ser planejado e reservado antes."

Devido ao pouco tempo que tínhamos, fomos pela manhã, percorremos todo o trajeto do parque de moto e depois voltamos para Puerto Natales. Dentro do parque não existe pavimento e as condições da estrada não estavam lá essas coisas, o que nos causou em determinados momentos apreensão. Existe um café no Parque com banheiros e calefação, ideal para uma parada antes de continuar percorrendo o Parque. 
O lugar é simplesmente fantástico, difícil definir em palavras, só mesmo indo e vendo com seus próprios olhos. Mesmo em Janeiro, verão por lá, muito, mas muito vento e frio. Vá bem agasalhado e preferencialmente com calçados e roupas impermeáveis, pois o clima muda muito por lá a todo o momento, ora pedríscos de gelo, ora chuva e sempre muito vento.
Fomos aconselhados por uma guia do parque a não voltar por onde chegamos e sim sair pelo outro lado do parque (Portaria e Guarderia serrano), via ruta Y-290 (que vai sair lá na "Cueva del Milodón" (em outro momento falaremos sobre El Milodón) e depois Puerto Natales. Se você estiver de moto não aconselhamos essa saída, pense num rípio solto, péssimas condições da estrada, paisagens lindas, porém muito estressante, pois a todo momento passam vans e ônibus nessa estrada e você fica "sambando" procurando um lugar para se equilibrar na estrada sem ir pro chão. Estavam trabalhando nesse trecho, procure se informar quando chegar por lá, quem sabe já esteja pavimentada.
Outra opção que se tem é pegar uma van ou um ônibus em Puerto Natales para fazer o passeio.
O valor do ingresso por pessoa nos custou $18.000 pesos Chilenos.
Bem, agora vamos apreciar um pouco esse lugar mágico? Difícil selecionar as fotos, dá vontade de colocar todas. Venha conosco!


                                                                                                   

             


            

Ao fundo barco que faz os passeios no Parque.

As marcas do incêndio no Parque ainda estão bem visíveis.


              



As tarifas:


Para que você tenha uma ideia do tamanho do Parque:

 




Boas ventos a todos e até a próxima!!!
Viagem realizada de moto, saindo de Florianópolis, SC - em janeiro de 2015. As fotos são de nossa autoria, exceto a foto dos nossos amigos aqui citados.
Gostou do post? Então, que tal compartilhar?

quarta-feira, 13 de maio de 2015

#viagem: San Gregrorio e o Vapor Amadeo.

Em nossa ida para Ushuaia em janeiro de 2015, passamos pela localidade de San Gergorio, as Margens do Estreito de Magalhães. Como é bacana viajar e poder ver ao vivo tantas coisas estudadas nas aulas de geografia, na época em que éramos apenas adolescentes e julgávamos ser desnecessário aquilo tudo, pois pensávamos jamais passar por estes lugares. Que bom que estávamos enganados e que nos tornamos adultos ávidos por percorrer o mundo e ver com nossos próprios olhos o que até então só tínhamos visto nas fotos dos velhos livros.
Voltemos a San Gregorio:  é uma comuna do Chile, localizada na Província da Terra do Fogo, Região de Magalhães e Antártica, fundada em 1870.





O centro histórico do que restou encontra-se em ambos os lados da estrada que leva a Monte Aymond.




Fundada em 1870, foi a primeira estadia de Tierra do Fuego Explotadora Society. Nestes campos, onde Monsieur Andrieu Marius conseguiu aclimatar um dos lotes de ovelhas trazidas das Malvinas.





Com 91 805 hectares, José Menéndez em 1884 arrendou a propriedade. Desde então começa o livre desenvolvimento da pecuária e das indústrias conexas. Gregory foi uma dos melhores e mais confortáveis estadias construídas  na Patagônia.


 





.
José Menéndez em 1892 adquiriu o navio Amadeo, que seria o primeiro movido a vapor na frota de cabotagem regional. Saiu de operação definitivamente  em 1932.

Amadeo foi encalhado na praia de San Gregorio, por vontade de seu proprietário Menéndez Behety, onde descansa nas margens das águas do Estreito de Magalhães.


                         




Dizem que os fantasmas dos funcionários da época andam por lá arrastando um aldeão velho,  a assombrar o lugar.



O lugarejo realmente lembra uma cidade fantasma e não deixa de ser de certa forma um pouco assustadora.

  

Encontramos repousando por lá também, a carcaça de uma outra embarcação:

        


.
Certamente vale a pena fazer uma parada por lá, para apreciar o lugar e bater algumas fotos, antes de seguir viagem.

Gostou desse post? Então que tal compartilhar!
Bons ventos!

terça-feira, 12 de maio de 2015

#Viagem: Passeio Ilhas de Ushuaia.

Em nossa viagem para Ushuaia em janeiro de 2015, um dos passeio que queríamos muito fazer era o passeio no Canal de Beagle, o estreito que separa a Terra do Fogo de outras ilhas e que liga os oceanos Atlântico e Pacífico. Tamanha era nossa euforia em saber que aquelas aulas de Geografia lá da nossa adolescência, estavam prestes a tornarem-se reais, o nome do canal foi uma homenagem ao HMS Beagle, que em sua segunda expedição trouxe Darwin a bordo. Ficamos maravilhados diante de paisagens tão lindas. O que podemos dizer é que vale muito a pena navegar nessas águas. Existem várias empresas que fazem o passeio para essas ilhas, ficam situadas no porto. Depois de ir em cada uma delas, descobrimos que apenas uma tem a permissão para descer em uma dessas Ilhas a "Isla H" (empresa Três Marias), nas demais ilhas não se aporta, o barco para o mais próximo possível e todos aproveitam para admirar, fotografar/filmar. O passeio contempla o Farol Les Eclaireurs, a ilha dos Pássaros, a ilha dos Lobos e a Ilha H. O passeio todo dura em torno de 4 horas. O valor ficou em torno de $400 pesos por pessoa, convertendo ficou algo como R$110,00 por pessoa. É preciso pagar também uma taxa de 10 pesos por pessoa para acesso ao porto. Não tem mistério nenhum para contratar esse e outros passeios, todas as agências ficam situadas no Porto de ushuaia e a oferta de passeios é bem variada. Vá preparado com cachecol, luvas, gorro, vista roupa e calçado impermeável. Na ilha H, onde descemos para uma caminhada estava muito , mas muito frio, venta muito. Em pleno verão deles a sensação térmica foi em torno de - 3ºC. Normalmente existe uma saída as 10h e outra as 15h diariamente, lembrando que no verão o sol permanece até aproximadamente as 21:30H. A navegação ocorre na Bahía Homónima, ingressando logo depois nas águas do Canal Beagle, navegando entre as Ilhas Bridges. Deixamos como dica para que faça esse passeio logo que chegar em Ushuaia, pois as condições de navegação mudam muito por lá e se você deixar para o último dia, pode não conseguir realizá-lo.

Vista de Ushuaia do canal de Beagle.
  
Em alto mar

Isla de Los Pájaros.

Cormoranes Reales


Lobo do mar.

Isla de los lobos

Esse farol, embora seja conhecido como o #faroldofimdomundo, é uma replica do verdadeiro farol que fica bem mais longe, quase na Antártica, mais precisamente na Ilha San Juan de Salvamento. Mesmo que esse não seja o original, vale muito o passeio até lá. Não é permitido a ninguém descer no local. Os passeios são contratados no #porto de Ushuaia. Saem diariamente. Fizemos com a empresa Tres Marias.

Farol les Eclaireurs




Isla H

Isla H

Isla H

Isla H

Isla H

Isla H

Isla H

Isla H


Isla H


Isla H

Isla H

Cormoranes Reales em Ilha H.

Porto de ushuiaa

Assista o vídeo do passeio:

https://www.facebook.com/confrariados.lobos

Bons ventos!!!!